Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

‘Trazer um pouco de conforto’, diz músico que toca saxofone em frente a hospital que atende vítimas de Covid-19, em Fortaleza

0


O músico realiza a ação voluntária em diferentes pontos de Fortaleza.

–:–/–:–

O músico realiza a ação voluntária em diferentes pontos de Fortaleza.

Marciano Nascimento tocava saxofone, na tarde deste sábado (6), em frente ao Hospital Leonardo da Vinci, no Bairro Aldeota, em Fortaleza, para homenagear pacientes, familiares e profissionais de saúde que trabalham no atendimento aos casos de Covid-19.

“Esse é o momento que as pessoas mais precisam de oração. Talvez o som do meu instrumento possa trazer um pouco de conforto para ela e familiares”, comenta o saxofonista.

“Esse é o momento que as pessoas mais precisam de oração", comenta o músico. — Foto: Ana Beatriz Farias/SVM

“Esse é o momento que as pessoas mais precisam de oração”, comenta o músico. — Foto: Ana Beatriz Farias/SVM

Marciano revela que não é a primeira vez que realiza uma ação como essa, e também que já tocou voluntariamente em outros locais de Fortaleza. “Eu sempre gostei de tocar. Sou voluntário em um lar de idosos, e agora nesse segundo pico da pandemia, eu estava em casa e precisava fazer algo. Eu estava indo tocar no espigão da Beira-Mar, mas por conta do fechamento, eu resolvi vir para cá”, explica o voluntário.

No último fim de semana, ele também tocou no Leonardo da Vinci para homenagear as pessoas que lá estavam. “Sempre venho só. Trago meu celular e minha caixa com instrumento. Esse sax não é só um instrumento, é um amigo que me ajuda a levar o alimento para casa”, destaca Marciano.

“Muitas pessoas chegam e agradecem. Elas chegam e dizem ‘muito obrigado pela tua atitude, você mudou meu dia’”, comenta ele sobre a recepção do público ao que ele faz.

Uma das pessoas que agradeceu a homenagem de Marciano neste sábado é a auxiliar de logística, Herbenia Santos, que esperava um parente receber alta após passar duas semanas internado no hospital.

“Sempre existem pessoas de bom coração que vem, nesses momentos, trazer um pouco de alegria a quem está internado, a quem está vindo buscar um parente. É muito gratificante ver pessoas de bom coração”, agradece Herbenia.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário