Ouvir Rádio: Rádio Senado | Rádio Câmara Fale Conosco

Vaticano decide data da beatificação da Menina Benigna, que vai se tornar primeira beata do Ceará

0

A adolescente, morta há 80 anos, virou símbolo da luta contra o feminicídio e crimes sexuais contra menores.


Pais vestem crianças com roupa característica da mártir durante as romarias. — Foto: Reprodução

Pais vestem crianças com roupa característica da mártir durante as romarias. — Foto: Reprodução

O Vaticano vai anunciar, nesta segunda-feira (2), a data da oficialização do processo de beatificação de Benigna Cardoso da Silva, conhecida como ‘Menina Benigna’. Em 2019, o Papa Francisco autorizou o processo, para que ela se torne a primeira beata cearense e a quarta mártir do Brasil. A beatificação faz parte do processo para tornar Benigna uma santa para a Igreja Católica, faltando a canonização.

Benigna nasceu em 15 de outubro de 1928 no Sítio Oiti, em Santana do Cariri, no interior cearense. No dia 24 de outubro de 1941, foi assassinada aos 13 anos por Raul Alves com golpes de facão, ao recusar ter relações sexuais com ele, que morava no mesmo município.

Após a morte, a menina passou a ser venerada como mártir na região do Cariri. Benigna virou símbolo da resistência contra feminicídio e violência sexual contra crianças e adolescentes após ser assassinada. A recusa da adolescente, junto a fé e devoção cristã, tornaram Benigna uma mártir, que move romarias até hoje.

G1 CE

Compartilhe

Deixe um comentário