Vice toma posse após afastamento de prefeito de Quixadá

0

Tomou posse do cargo de prefeito de Quixadá João Paulo de Menezes Furtado, antes vice de Ilário Marques, prefeito afastado após operação do Ministério Publico do Estado do Ceará (MP-CE) que investiga crimes de falsidade e desvio de dinheiro público relativos ao serviço de coleta de resíduos sólidos no município.

A operação “Fiel da Balança”, do Ministério Publico do Estado do Ceará (MP-CE), cumpriu, na quinta-feira (16), mandados de busca e apreensão nas comarcas de Fortaleza e Quixadá. Foi determinado afastamento do prefeito e de secretários do município.

Em nota, a Prefeitura de Quixadá se posicionou afirmando que a denúncia do Ministério Público Estadual baseia-se só e tão somente em depoimentos de um empresário, que, segundo a nota, teve “interesses particulares contrariados” e “criou uma fantasiosa história com ilações e conjecturas de fatos absurdos e descabidos”. O G1 procurou o empresário citado pela Prefeitura, Ernani Junior, mas as ligações não foram retornadas.

Segundo o MP-CE, foi determinada pelo Poder Judiciário a quebra dos sigilos fiscal e bancário dos investigados. A decisão judicial foi assinada pelo desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na sede da Prefeitura de Quixadá, em residências de agentes públicos e privados e na sede de uma empresa de locações e construções.

Participaram também da operação a Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), com auxílio do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e Promotorias de Quixadá – com apoio da Polícia Civil.

G1

Compartilhe

Deixe um comentário