Ouvir Rádio: Rádio Senado Fale Conosco

Coronavírus: como manter a saúde mental equilibrada? Psicóloga dá algumas dicas

0

Hoje o mundo se preocupa com pacientes contaminados pelo coronavírus, mas alguns profissionais estão atentos a outros problemas que a pandemia pode trazer a médio e longo prazo, como é o caso da saúde mental.

Com a quarentena, a apreensão com o aumento de pessoas depressivas e ansiosas dobra. Pensando nisso, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante conversou com a psicóloga Pamela Costa, para dar algumas dicas e, assim, auxiliar pessoas neste momento de quarentena, bem como fazer uma autoavaliação.

“A ansiedade é uma reação natural do nosso organismo a uma situação difícil. Nessa conjuntura que estamos vivendo agora, é comum, mas não necessariamente quer dizer que temos algum transtorno ou que precisemos de tratamento psicológico”, explica Pamela.

Alguns dos sintomas clássicos da ansiedade são taquicardia, dificuldade de respirar, insônia, excesso ou falta de apetite. A primeira dica da psicóloga é identificar que sentimentos e sensações estamos surgindo, tentar aceitar e entender para que eles não se tornem quadros mais grave.

Para algumas pessoas, realizar atividades rotineiras, prazerosas, como ouvir música, ler um livro, pintar ou ver um filme, pode ajudar a distrair a mente. Outra dica importante é a realização de atividade física, mesmo em casa. Os exercícios auxiliam também nas questões de insônia. Pamela Costa sugere também o consumo de chás de ervas naturais de efeito calmante, como capim santo, erva doce e camomila.

Quando a crise de ansiedade acelerar o coração, procure melhorar a respiração. Existem inúmeros aplicativos que podem auxiliar, além de vídeos no Youtube, com músicas e imagens relaxantes. Em caso de crises muito fortes e frequentes, procure um profissional.

Pamela destaca ainda que sempre é bom e necessário cuidar da saúde mental, e nesses tempos de coronavírus, para cuidar da própria saúde e da de outras pessoas, optar por ficar em casa é a melhor medida de prevenção ao coronavírus. “Logo tudo isso vai passar e a vida voltará ao normal”, finalizou.

Fique em casa!

Compartilhe

Deixe um comentário